Homem morre em voo de parapente após chocar com paredão de rocha em Pacatuba

Publicado por: Ipu Online em | 18.1.18 | 0 comentários


Um homem de 57 anos morreu após saltar de parapente em Pacatuba, Região Metropolitana de Fortaleza, na tarde desta quarta-feira (17). De acordo com a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), Pergentino Liberato Júnior colidiu com um paredão de pedras na serra logo após a decolagem.

O tenente-coronel da Ciopaer Marcus Costa informou que "logo após a decolagem houve uma curva brusca", levando a vítima ao paredão da serra. O homem estava de capacete, mas o equipamento chegou a rachar. “A aeronave (de socorro) pousou próximo ao local do acidente, onde já foi constatado o óbito", completou Costa.

Corpo de Bombeiros e Perícia Forense também estiveram no local. A causa da morte só pode ser confirmada após o trabalho da perícia, mas, conforme o coronel da Ciopaer, o médico que atendeu o caso identificou um “provável traumatismo craniano”.

Área autorizada
Costa confirma ainda que a área onde o homem decolou é adequada para o esporte e certificada pela autoridade Aeronáutica. “Inclusive, é o que nós chamamos de espaço aéreo restrito, ou seja, nós ou qualquer outra aeronave não podemos voar dentro de um caixote virtual - delimitado por coordenadas geográficas que existem ali, exclusivo para a prática desse esporte”, explicou.

Equipamento
Em fevereiro de 2017, o advogado Webster Neri Bitu, de 43 anos, morreu em um voo de parapente na serra de Pacatuba após enfrentar problemas com o equipamento. Testemunhas disseram que ele ainda tentou acionar o paraquedas de segurança, que não funcionou corretamente.

G1 CE

Arquivado em:

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.