Polícia investiga vídeo em que dois presos são obrigados a fazer sexo oral dentro da cela

Por Ipu Online — publicado | 18.1.18 | 0 comentários


Detentos de um presídio no estado da Bahia obrigaram dois presos suspeitos de estuprar e matar uma mulher, a praticarem sexo oral um no outro. A cena foi gravada por eles nas redes sociais. No vídeo, além de bater um no rosto do outro, os dois homens são obrigados a dizer 'Eu sou estuprador'.

De acordo com informações do G1, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) disse que o órgão já está ciente do caso e iniciará as investigações sobre a omissão dos policiais da 18º Delegacia da Bahia.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil na Bahia (OAB-BA) repudiou o caso e disse que a situação mostra uma "completa ausência das autoridades que deveriam estar fiscalizando e zelando pela ordem e disciplina no ambiente pela integridade dos custodiados". Segundo a OAB-BA, o vídeo trata-se de "tortura e vingança privada, que violam os preceitos legais e as garantias constitucionais do devido processo legal.

Os dois homens foram encaminhados ao Conjunto Penal de Salvador, administrado pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap).

  

Categorias: ,

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.