Preso suspeito de participar do assassinato do chefe de facção na Praia do Futuro

Por: Ipu Online em | 23.1.18 | 0 comentários

Acusado foi detido na comunidade Serviluz, após a PM receber a informação da localização de um carro usado na fuga dos criminosos depois do assassinato. O jovem morto era estudante de Direito e comandava a facção Família do Norte em Fortaleza


A Polícia Militar capturou, nesta segunda-feira (22), um dos suspeitos de envolvimento na morte do estudante de Direito e apontado como chefe de facção criminosa, Petrus William Brandão Freire, 29, que seria um dos líderes da quadrilha Família do Niorte (FDN), em Fortaleza. Outros oito envolvidos na execução sumária de Petrus estão ainda sendo procurados.

O suspeito preso foi identificado como Valdenilson de Paulo Sousa, 18 anos. Ele foi preso na comunidade Serviluz, na zona Leste de Fortaleza, após policiais do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTUr) receberem uma informação sobre o paradeiro de um carro modelo Ônix, branco, que teria sido usado na fuga dos assassinos.

Os policiais militares foram parar na Travessa Santo Amaro, no bairro Serviluz, onde o carro estava estacionado na porta da casa do suspeito. Ao perceber a chegada da Polícia, Valdenilson tentou fugir pelos telhados das casas vizinhas, mas acabou detido. Levado para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)< ele confessou ter participado do crime e apontou os oito comparsas, que agora são caçados na mesma região da cidade onde ele foi capturado.

Ostentação e morte
Sobre os motivos que levara a quadrilha a executar Petrus Freire, o suspeito alegou que a morte deveu-se à guerra entre as facções pelo domínio da venda de drogas em bairros daquele setor da Capital cearense.

Petrus Freire foi morto com cerca de 40 tiros de pistola quando saía de uma barraca de praia na Avenida Zezé Diogo, na Praia do Furuto, por volta de 4h50 do último domingo. No sábado, ele esteve em dois eventos de Pré-Carnaval e, o final da farra foi na Praia do Futuro. Apesar de estar acompanhado de seguranças particulares, o traficante e chefe local da facção FDN acabou sendo fuzilado quando caminhava em direção ao seu carro importado.

Estudante de Direito, em Fortaleza, Petrus era de Belém (PA), e respondia por vários crimes na Justiça  cearense, entre eles, receptação, porte ilegal de arma e lesão corporal. Contudo, sua atividade era o tráfico de drogas e o comando local da facção criminosa oriunda do Norte do País. Petrus gostava de ostentar riqueza. Em sua página no facebook, postava fotografias de suas viagens e a presença em constantes festas nas casas de shows em Fortaleza, orgias com muita bebida, drogas e mulheres.

Ceará News

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.