Empresários são presos por suspeita de fraudar licitações em prefeituras no Interior

Por: Ipu Online em | 23.3.18 | 0 comentários


O Ministério Público do Ceará (MPCE), através Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), está cumprindo mandados judiciais, na Capital, contra uma empresa suspeita de fraudar licitações em prefeituras do Interior do Estado, na manhã desta sexta-feira (23). Empresários foram presos, conforme informações preliminares.

As diligências são desdobramentos da Operação Cascalho do Mar, deflagrada em 13 de dezembro de 2017, que prendeu o prefeito de Paracuru, seus dois filhos, uma secretária municipal e três empresários. Na ocasião, mais cinco secretários da Prefeitura foram conduzidos coercitivamente para prestarem esclarecimentos.

O grupo é suspeito de cometer crimes de fraude em licitação, associação criminosa e corrupção. Durante o cumprimento dos mandados, o prefeito José Ribamar Barroso Batista, conhecido como Ribeiro (PSDB), foi preso em flagrante, com uma arma de fogo sem registro.

Diário do Nordeste

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.