Ex-deputado federal do Paraná é encontrado morto em hotel de Brasília

Por Ipu Online — publicado | 21.3.18 | 0 comentários

O ex-deputado federal e secretário especial de representação do Governo do Paraná em Brasília, Luciano Pizzatto, 60 anos, foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (21/3), no hotel onde estava hospedado no Setor Hoteleiro Sul, na Asa Sul.

A Polícia Civil investiga as causa da morte de Luciano Pizzato (Foto: Edy Amaro/Esp. CB/D.A Press)
De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), a suspeita é que ele tenha sofrido um mal súbito. Segundo a corporação, a PM foi acionada por volta de 1h14. Uma pessoa que acompanhava o deputado disse aos policiais que, logo após se deitar, Pizzatto caiu no chão e bateu a cabeça no criado da cama, gerando um corte superficial com sangramento na testa.

Em seguida, a segurança do hotel foi acionada e realizou por várias vezes massagem cardíaca na vítima, mas sem sucesso. O Serviço de Atendimento Móvel Urgente (SAMU) também foi chamado e, quando chegou ao local, constatou o óbito. A Polícia Civil já realizou a perícia no local e investiga a causa da morte. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal do Distrito Federal para necrópsia.

Luto oficial por três dias
O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB/PR), lamentou o falecimento e decretou luto oficial de três dias no Estado. Richa também deu ordem para que a Casa Militar local dê suporte para a liberação do corpo. O velório vai acontecer na capela do Palácio Iguaçu, em Curitiba, e deve ter início no começo da noite desta quarta, após os trâmites para translado do corpo.

A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, que está em Brasília e tem agenda na cidade, como o Fórum Mundial da Água, usou as redes sociais para lamentar o ocorrido. "Dia triste. Hoje o Paraná e o Brasil perderam Luciano Pizzatto, um dos maiores especialistas do país em meio ambiente. E eu perdi um grande amigo. Que Deus, com toda a sua sabedoria, conforte os corações da Dora e dos filhos Raquel, Luíza e Pedro. Meus sentimentos", escreveu.

             

Carreira política
Durante 22 anos, entre 1991 e 2013, Pizzatto foi deputado federal por cinco mandatos pelo PMDB, PRN, PFL e DEM. Além de deputado estadual pelo PMDB, entre 1989 e 1991.

Em Brasília, o ex-deputado era chefe do escritório do governo estadual e tinha, entre suas atribuições, o contato com parlamentares e autoridades do Poder Executivo. Ele também presidiu a Companhia Paranaense de Gás (Compagas), entre 2011 e 2015.

O ex-parlamentar completaria 61 anos na próxima sexta-feira (23/3). Formado em engenharia florestal pela Universidade Federal do Paraná, ele deixa mulher e três filhos.

Correio Braziliense




Categorias: ,

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.