Falha nos freios teria provocado descarrilamento, diz diretor do Metrô-DF

Por Ipu Online — publicado | 1.3.18 | 0 comentários

Uma falha nos freios teria sido a responsável por descarrilar um trem do metrô do Distrito Federal, na manhã desta quarta-feira (28), próximo a estação Arniqueiras, em Águas Claras.

Breno Esaki/ Jornal de Brasília
No entanto, de acordo com o diretor de operações e manutenção do metrô, Carlos Alexandre da Cunha, o trem – de número 8 – apresentou a falha e, por prudência, o piloto solicitou que os passageiros evacuassem na estação Águas Claras. Para facilitar o transporte da população e diminuir o impacto no trânsito, o Departamento de Estradas de Rodagem liberou as faixas exclusivas.

“Não tinha nenhum usuário no momento em que o trem descarrilou. O motorista evacuou e estava fazendo uma manobra para voltar ao pátio de manutenção. Nesse ato da manobra é que ocorreu o descarrilamento”, explica o diretor de operações e manutenções.

Ainda de acordo com Cunha, equipes estão trabalhando no momento para adiantarem todo o processo de retirada dos quatro carros. “Já tiramos um, que estava mais fácil, porque estava no trilho e não descarrlou. Os outros três serão içados com a ajuda de um ou dois guindastes. Então as equipes estão trabalhando para desconectar a parte elétrica dos carros”, afirma.

A partir das 16h, os passageiros vão conseguir chegar até a Estação Arniqueiras. “Já fomos liberados pela técnica, e vamos conseguir fazer a operação entre a Estação Central e a Arniqueiras. E da Estação Águas Claras para os terminais de Ceilândia e Samambaia”, esclarece o diretor. A Companhia do Metrô estuda ainda uma parceria com o DFTrans para alocar um ônibus para fazer um transbordo dos passageiros entre as estações Arniqueiras e Águas Claras.

Em pleno horário de pico, os passageiros tiveram de deixar as estações. Um vídeo mandado ao Jornal de Brasília mostra os usuários retornando à bilheteria para reaver o bilhete pago na estação Arniqueiras. O acesso ao terminal está interrompido.

     

Posicionamento
A Secretaria de Mobilidade informa que está acompanhando o ocorrido junto ao DFTrans e já reforçou as linhas que atendem na área de cobertura do Metrô. O atendimento está sendo feito pelas as empresas Marechal e São José.

Além disso, a pasta acrescenta que está em contato com o metrô para identificar as medidas necessárias para que o atendimento aos usuários não seja prejudicado.


Jornal de Brasília

Categorias:

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.