Papa aprova lema e nomeia conselho preparatório de Sínodo sobre Amazônia

Por Ipu Online — publicado | 8.3.18 | 0 comentários

Papa Francisco comanda a missa do Dia Mundial da Paz na Cidade do Vaticano.
Foto: Vincenzo Pinto/AFP
O papa Francisco aprovou o título do Sínodo Extraordinário de Bispos sobre a Amazônia, que será realizado em outubro de 2019 e que abordará o tema ecologia. Ele também nomeou os bispos do conselho pré-sinodal. A informação é da Agência EFE.

A reunião de bispos para tratar dos problemas dessa região, especialmente da sua população indígena, terá como título “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e por uma ecologia integral”.

Além disso, Francisco nomeou os 18 membros do conselho pré-sinodal, que vai colaborar na preparação do encontro sobre o tema, sobre o qual o papa sempre se mostrou preocupado, como refletiu na sua segunda encíclica, Laudato Sì (2015).

O conselho preparatório estará integrado pelo arcebispo emérito de São Paulo, Cláudio Hummer, pelo prefeito do Dicastério para o Desenvolvimento Humano, Peter Turkson, pelo arcebispo do México, Carlos Aquiar Retes, e o secretário de Relações com os Estados, Paul Richard Gallagher.

Também comporão o conselho o arcebispo de Assunção, Armundo Ponciano Valenzuela Mellud, o arcebispo de Porto Velho, Roque Paloschi, o bispo de San Isidro (Argentina), Oscar Vicente Ojea, o bispo de Juína, Neri José Tondello, e o bispo do Suriname, Karel Martinus Choennie.

Completam o grupo o prelado do Xingu, Erwin Krautler, o vigário apostólico de Porto Ayacucho (Venezuela), Jose Ángel Divassón, o de Puyo (Equador), Rafael Cob, o de Pando (Bolívia), Eugenio Coter, o de Puerto Leguízamo (Colômbia), Joaquín Pinzón, e o de Puerto Maldonado (Peru), David Martínez de Aguirre.

A única mulher do conselho será a freira Maria Irene Lopes dos Santos, delegada da Confederação Latino-Americana e Caribenha de Religiosas e Religiosas (Clar). Também estará presente o secretário da Rede Eclesial Pan-Amazônica, Maurizio López.


Categorias: , ,

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.