Polícia investiga desaparecimento de miss no Paraná

Por: Ipu Online em | 24.3.18 | 0 comentários


A Polícia Civil investiga o desaparecimento da modelo Bruna Zucco, 21 anos, Miss Altônia, no noroeste do Paraná. A jovem foi vista pela última vez após sair da faculdade e é considerada desaparecida desde a madrugada de quinta-feira (22/3).

Dois corpos foram encontrados carbonizados em uma picape que estava em estrada rural do município. A polícia acredita que um deles é de Bruna. No veículo, os policiais acharam pedaços de um celular e de um caderno. No entanto, a confirmação depende do resultado de um exame de DNA, que deve ficar pronto entre 30 e 60 dias.

À imprensa local, familiares da jovem informaram que o material genético, que pode identificar se o corpo é ou não da universitária, já foi colhido no Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama. A família ainda mantém esperança de encontrar a moça viva.

Também em entrevista à imprensa, o namorado de Bruna, Diego Tamarozzi, contou que os dois conversaram, por WhatsApp, até momentos antes de ela desaparecer. “Ela estava na faculdade, de onde sai umas 22h. Aí, veio falando nos lugares que pegava a internet. Quando deu meia-noite, mais ou menos, eu mandei boa noite e ela também me desejou boa noite”, disse o jovem.

Na mesma madrugada, o empresário Valdir Brito Feitosa, 31, também sumiu.

Reprodução/Facebook
Picape carbonizada onde os corpos foram achados na área rual do município paranaense
Metrópoles






Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.