Cantora grávida de oito meses morta a tiro em concerto

Por: Ipu Online em | 13.4.18 | 0 comentários

Pelo menos, um homem foi detido no Paquistão depois de ter baleado mortalmente uma cantora grávida durante um concerto. Samina Sindhu, de 28 anos, estava a cantar na festa de um milionário local, de acordo com BBC.

© Reprodução Twitter
A polícia da província paquistanesa de Sind afirmou que o homem que foi detido é o autor do homicídio, que ocorreu na noite da passada terça-feira. Não são conhecidas as circunstâncias em que o tiro foi disparado.

O marido de Samina, Ashiq Sammoo, indicou à polícia que, durante a festa, um homem apontou uma arma à sua mulher e ordenou, “de forma ameaçadora”, que ela se levantasse para cantar. Depois, quando ela disse que estava grávida e não se podia levantar, ele disparou.

Uma ativista pelos direitos humanos, Shama Junejo, afirmou nas redes sociais que a cantora teve que atuar aos oito meses de gravidez porque ela e o marido são pobres, acrescentando que o marido está a ser alvo de pressões para não retirar a queixa contra o milionário.

Vários músicos locais levaram a cabo protestos a pedir justiça pela morte da colega.

Notícias ao Minuto

Arquivado em: , ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.