Homem executa casal que ia para o Castelão e comete suicídio na Capital

Por Ipu Online em | 9.4.18 | 0 comentários


Carla e Rafael, vestidos com as cores do seu time de futebol, se deslocavam em sentido à Arena Castelão, onde teriam um dia de comemoração pelo título do Ceará Sporting Club. A alegria e as vidas foram interrompidas por tiros. Um homem matou o casal e depois cometeu suicídio.

O crime aconteceu na Avenida Alberto Craveiro, no bairro Dias Macedo, em Fortaleza, por volta de 15h de ontem. Carla Carrilho, de 40 anos de idade, natural de São Paulo; e Rafael Carlos Bispo, 31, cearense, morreram no local. Marcos Roni Albuquerque de Morais, 43, também nascido no estado paulista, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Geovani Moraes - plantonista do 16º DP (Dias Macedo) - Marcos Roni se aproveitou do engarrafamento para sair do seu veículo, um Chevrolet Onix de cor prata e alugado, andar até o Chevrolet Prisma branco, que estava na frente, e desferir vários tiros contra o casal.

Uma testemunha contou à reportagem que a mulher chegou a ser retirada do automóvel por pessoas que passavam pelo local, mas o assassino voltou e efetuou mais tiros contra Carla.

"O sinal estava fechado. E o engarrafamento, grande. O carro estava com o vidro aberto. Um homem com chapéu panamá e óculos escuros chegou andando ao lado do carro e começou a atirar. Eu fiquei sem reação. Meu irmão, que dirigia nosso carro, tentou sair. Quando a gente conseguiu, vi o homem voltando e atirando de novo", relatou.

Após cometer o duplo homicídio, Marcos recarregou o revólver calibre 38 especial e atirou contra a sua própria cabeça. Ele ainda foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Instituto Doutor José Frota (IJF), mas morreu horas depois.

Crime passional
A primeira linha de investigação da Polícia Civil é de crime passional. "Pelo que a gente colheu até então, seria um crime passional, pelas circunstâncias e pelo modus operandi. A priori, seria um veículo alugado esse Onix prata e, assim que o veículo da frente parou no sinal, ele desceu e executou os dois. Posteriormente, ele veio ao veículo, recarregou e se suicidou", revelou o delegado Geovani Moraes.

PMs e policiais civis do 16º DP foram os primeiros a chegarem no local do crime e apreenderam a arma de fogo utilizada para as três mortes. Em seguida, compareceram equipes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e do 13º DP (Cidade dos Funcionários), que será responsável pela investigação do caso, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Nas redes sociais, Marcos Roni havia postado uma foto com Carla Carrilho e uma criança, no dia 26 de janeiro deste ano, com a legenda "Eu e elas, matando a saudade!". A Polícia Civil não esclareceu a relação entre as três pessoas mortas.

Outro caso
Uma briga levou à morte de dois homens, em Maracanaú, ontem. Eliseu da Silva Ribeiro, 48, e Jonas Ferreira Barbosa, 65, estavam em um bar, quando se desentenderam. Então, Jonas deu uma facada fatal em Eliseu.

Ao saber do crime, Dener Jefersson Anselmo Ribeiro, 18, filho da vítima, perseguiu o assassino do pai e o executou a tiros. Ele foi preso e assumiu a autoria.

Diário do Nordeste

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários não representam a opinião do portal Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.