Ia ser diácono, mas morreu após acolitar na Missa de Páscoa com o Papa

Por Ipu Online — publicado | 21.4.18 | 0 comentários

O seminarista Anthony Freeman realizou o sonho de acolitar em uma Missa com o Papa Francisco no dia 1º de abril, Domingo da Ressurreição, e um dia depois foi encontrado morto em seu quarto em Roma, três meses antes de ser ordenado diácono.

Anthony Freeman Foto: Facebook Anthony Freeman
Segundo informam os Legionários de Cristo, o irmão Anthony “tinha apenas 30 anos e seria ordenado diácono no próximo verão”, exatamente no dia 7 de julho, na cidade norte-americana de Houston, no estado do Texas.

O jovem havia terminado um retiro de silêncio de oito dias em preparação para a sua ordenação diaconal. Ele vivia no seminário dos legionários em Roma.

Sua morte “é obviamente um choque para sua família e para todos nós, por isso seus irmãos, os sacerdotes Nathaniel Haslam e Eamon Shelly, estão acompanhando seus familiares neste momento difícil”.

“Até agora a causa da morte ainda está sendo investigada, mas tudo indica que foram causas naturais”, afirma a congregação.

O irmão Anthony tinha uma presença muito ativa nas redes sociais. Ele fez a sua última publicação no Instagram, algumas horas antes de morrer, contando a sua experiência no Domingo de Páscoa. “Depois de um retiro de silêncio durante oito dias, tive a bênção de encontrar o Papa Francisco hoje e servir na Missa de Páscoa!”.

Os Legionários de Cristo habilitaram um site para as pessoas escrevam as suas recordações sobre Anthony.

Entre os testemunhos, está o do irmão Jerek Scherber, um dos que receberá a ordenação diaconal no dia 7 de julho em Houston.

“Eu acho que ninguém estava tão preparado quanto o irmão Anthony. Ele falava com todos, sempre era inspirador, vivia na luz, era transparente, muito normal, com planos surpreendentes, mas sempre desapegado deles. Era simples, espiritual e alegre. Ele era o tipo de jovem que inspirava o desejo ‘quero ser como ele’”, compartilha.

“O Senhor pensou em levar o melhor de nós. Ele ia ser ordenado diácono conosco em Houston. Agora seremos apenas sete”, acrescentou.

O sacerdote legionário Sebastián Rodríguez agradeceu ao irmão Anthony “por nos ensinar o entusiasmo e a alegria de viver para Cristo. Um zelo apostólico invejável. Obrigado por tudo que você fez por nós”.

Rita Ruiz, consagrada de Regnum Christi, membro da família dos Legionários, indicou que “sem dúvidas, Anthony está ao lado de Jesus. Um grande testemunho que Jesus quis selar para nos ensinar que a vida é dele”.

Irmão Anthony Freeman nasceu em Houma, estado de Louisiana, em 1988. Entrou no noviciado em Connecticut, em 2005, e fez as suas primeiras profissões em 2 de setembro de 2007.

Estudou um ano em Salamanca (Espanha) e terminou Filosofia em Thornwood, Nova York. Formou-se no Pontifício Ateneu Regina Apostolorum em Roma.

Fez a sua profissão perpétua com os Legionários de Cristo em 10 de agosto de 2013 e recebeu o ministério do acolitado em 26 de fevereiro de 2017.

Em 2015, começou a estudar Teologia no Pontifício Ateneu Regina Apostolorum.

Irmão Anthony Freeman escreveu o livro “One Step Closer: 40 Doses of Motivation, Hacks, and Experiences to Share with Millennial Catholics”, que poderia ser traduzido: “Um passo mais perto: 40 doses de motivação, dicas e experiências para compartilhar com milenials católicos”, que pode ser encontrado em amazon.com.

Acidigital





Categorias:

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.