Suspeitos de ataques em Juazeiro do Norte capturados

Por: Ipu Online em | 14.5.18 | 0 comentários


Quatro suspeitos de participação em uma série de ataques efetivados neste Município foram presos pela Polícia, na tarde de ontem (13); além deles, um adolescente, de 16 anos, também foi apreendido pelas investidas. Um detento é acusado de ser o mandante das ações criminosas.

Os policiais disseram ter tido acesso a vídeos que mostram o desenvolvimento da ação. Um trio, composto por irmãos, incluindo um menor de idade, foi encontrado na casa da mãe deles, no bairro João Cabral, e levado à Delegacia de Juazeiro do Norte. Os adultos foram identificados como Marcos Felipe Santos, 19, e Luiz Fernando Santos da Silva, 18. O adolescente teria sido flagrado portando uma garrafa com gasolina.

Além deles, outros dois irmãos, identificados como Daniel da Silva Souza e Marciel da Silva Souza, foram também presos suspeitos de participar dos ataques criminosos.

A Polícia Civil do Município suspeita que as ordens partiram de detentos da Penitenciária Industrial Regional do Cariri (Pirc). Na última sexta-feira (11), a 2ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro do Norte cancelou as visitas íntimas de familiares, o pernoite do Dia das Mães, que aconteceria de sábado para domingo, declarando inconstitucional e ilegal. A medida é autorizada pela Portaria 01/2018 da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus).


Retaliação
De acordo com o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, major Luciano Rodrigues, o efetivo policial está nas ruas para garantir a segurança da população. "A gente fez a operação esperando alguma retaliação, imaginando algo ainda pior", garantiu o oficial. O comandante garantiu que só vai retirar o patrulhamento ostensivo quando a população se sentir segura.

Os ataques foram registrados em dois prédios públicos de Juazeiro do Norte. Por volta das 6h, atearam fogo em uma caminhonete estacionada no pátio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), que ficou completamente destruída. Além disso, o Teatro Municipal Marquise Branca foi alvo de um coquetel molotov, contudo, não houve muitos prejuízos.

No Demutran, a caminhonete destruída era a utilizada por funcionários para recuperação dos semáforos. As chamas atingiram ainda um caminhão que faz a pintura das ruas, responsável pela sinalização horizontal. No Teatro Marquise Branca, no bairro Santa Tereza, a ação foi realizada em torno de 6h30. Alguns funcionários se assustaram com a bola de fogo que veio do teto, mas conseguiram conter as chamas antes que se espalhassem pelo prédio.

No sábado, dois ônibus foram incendiados em Juazeiro. No primeiro, um coletivo da empresa Viametro, que fazia linha entre Barbalha e Juazeiro, foi incendiado, na Avenida Leão Sampaio (CE-060), que liga os dois municípios. Mais cedo, outro ônibus ficou parcialmente queimado na garagem de uma empresa, no bairro Franciscanos.

Diário do Nordeste

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.