Jovens resgatados de caverna na Tailândia viram monges

Por: Ipu Online em | 23.7.18 | 0 comentários


Onze dos 12 jogadores do time de futebol "Javalis Selvagens", que ficaram presos por duas semanas na caverna de Tham Luan, na Tailândia, iniciarão um retiro de nove dias em templos budistas da província de Chiang Rai, no norte do país asiático. O treinador do time, que é ex-monge, também participará da atividade espiritual.  

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (23) por membros do governo da província. O único dos "Javalis" que não se juntará ao grupo é o garoto Adul Sam-on, que é cristão.  

O retiro tem data de início prevista para esta terça-feira (24), um dia antes de uma cerimônia de ordenação.  

Na coletiva de imprensa em que apareceram pela primeira vez em público, na semana passada, os jovens manifestaram interesse em realizarem o retiro para homenagear o mergulhador Saman Kunan, que morreu durante as operações de resgate.  

Segundo o jornal tailandês "Chiang Rai Times", o governo local planeja fazer um evento de agradecimento a todos os envolvidos no resgate no próximo dia 1º de agosto. Serão convidados os tailandeses e estrangeiros que participaram das operações, além da mulher do mergulhador morto no resgate e de membros da mídia local e estrangeira. 

ANSA

Arquivado em:

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.