Receita médica adaptada para paciente analfabeto viraliza na internet

Por Ipu Online — publicado | 6.9.18 | 0 comentários


Uma receita médica viralizou, nessa terça-feira (4), devido ao cuidado de uma estudante de medicina que, ao se deparar com um paciente analfabeto, colou diferentes fitas adesivas coloridas nas caixas e anotou os horários referentes a cada fita na receita. 

Manuela Lemos, aluna de medicina em Belém, no Pará, explicou em seu Facebook que a ideia veio em conjunto com a médica Rayssa Pinheiro Miranda, que havia comprado as fitinhas pensando em adesivar os remédios dos pacientes. Na terça-feira, Manuela se deparou com um paciente que, apesar de ter as caixas adesivadas, não conseguia lembrar o significado de cada fita e continuava tomando os medicamentos de forma incorreta. Manuela então falou com Rayssa, perguntando se poderia fazer uma receita como 'legenda' para as fitinhas. 

No seu post no Facebook, Manuela agradeceu o carinho recebido pela sua atitude. 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2017, a taxa de analfabetismo da população brasileira com 15 anos ou mais foi de 7%. A taxa representa 11,5 milhões de pessoas que ainda não sabem ler e escrever. A população total brasileira é de 208.790.312.

Receita médica adaptada para paciente analfabeto viraliza na internet - Crédito: Reprodução/ Twitter

FolhaPE

Categorias: ,

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.