27 municípios cearenses já estão na lista de emergência pela seca até 2019

Por Ipu Online — publicado | 13.10.18 | 0 comentários


Aumentou para 27 o número de municípios cearenses que estarão até 2019 na lista de emergência pela seca decretada ou homologada pelo Governo do Estado do Ceará. Até o último dia 10 de outubro, quando foi divulgada a atualização no Diário Oficial do Estado, eram apenas sete: Caridade, Choró, Ibaretama, Jardim, Pentecoste, Potiretama e Quiterianópolis. No entanto, a inclusão de alguns e a renovação de outros pelo prazo de mais seis meses, ajudou a configurar a atual situação.

Foram incluídas as cidades Beberibe, Forquilha, Orós, Quixelô, São João do Jaguaribe e Trairi. As outras, cujo reconhecimento de emergência por seca vigente estava previsto até 13/10/2018, foram renovadas, na data de publicação da lista, por 180 dias. Assim, pelo menos 20 municípios devem permanecer até abril de 2019, enquanto os outros sete ficarão até janeiro.

Até o fim deste ano, entre os meses de novembro e dezembro, outros 34 municípios também figuram na lista. A boa notícia é que 29 saíram do mapeamento de emergência do Governo do Estado.

Mas um outro fator preocupante é o fato de nenhum açude estar sangrando atualmente, permanecendo somente dois com volume acima de 90%: o Jenipapo, em Meruoca; e o Germinal, em Palmácia. 96 açudes estão com volume inferior a 30%.

Entenda
No caso da seca, a decretação da situação de emergência é feita pelo governo municipal ou estadual com o objetivo de estabelecer uma situação jurídica especial para a execução das ações de assistência à população, como Operação Carro-Pipa, por exemplo; e de restabelecimento do abastecimento d'água, como obras e serviços como a instalação de sistemas simplificados de abastecimento e a montagem de adutoras de engate rápido.

Confira a lista dos 27 municípios:
1. Aiuaba - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
2. Beberibe - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
3. Boa Viagem - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
4. Campos Sales - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
5. Chorozinho - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
6. Deputado Irapuan Pinheiro - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
7. Forquilha - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
8. Jaguaretama - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
9. Milhã - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
10. Mombaça - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
11. Monsenhor Tabosa - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
12. Morrinhos - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
13. Orós - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
14. Pereiro - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
15. Quixelô - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
16. Santa Quitéria - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
17. São João do Jaguaribe - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
18. Solonópole - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
19. Trairi - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
20. Viçosa do Ceará - Reconhecimento da emergência por seca vigente até abril de 2019
21.Caridade - Reconhecimento da emergência por seca vigente até 27/01/2019
22.Choró- Reconhecimento da emergência por seca vigente até 05/01/2019
23.Ibaretama - Reconhecimento da emergência por seca vigente até 20/01/2019
24.Jardim - Reconhecimento da emergência por seca vigente até 04/01/201960    
25.Pentecoste- Reconhecimento da emergência por seca vigente até 23/01/2019
26.Potiretama -    Reconhecimento da emergência por seca vigente até 26/01/2019
27. Quiterianópolis - Reconhecimento da emergência por seca vigente até 12/01/2019

Diário do Nordeste

Categorias:

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.