Papa diz que aborto é como contratar um assassino

Por Ipu Online — publicado | 10.10.18 | 0 comentários


O papa Francisco condenou nesta quarta-feira o aborto e o comparou a um contrato com um assassino para resolver o problema, na homilia pronunciada durante sua tradicional audiência na Praça de São Pedro do Vaticano.

Francisco refletiu sobre o quinto mandamento: "Não Matarás" e condenou a "supressão da vida humana no seio materno em nome da garantia de outros direitos".

"Mas como pode ser terapêutico, civil ou simplesmente humano um ato que elimina a vida inocente e indefesa em seu início?", perguntou o pontífice, que acrescentou: "É justo eliminar uma vida humana para resolver um problema? É justo contratar um assassino para resolver um problema? Não, não pode!".

O papa afirmou "que os pais, nestes casos dramáticos, precisam de proximidade verdadeira, de solidariedade verdadeira, para enfrentar a realidade, superando os medos compreensíveis, mas que, no entanto, o que recebem são os rápidos conselhos para interromper a gravidez".

Uma criança doente, como qualquer pessoa necessitada e vulnerável, mais do que um problema, é um dom de Deus, que pode nos afastar de nosso egoísmo e nos fazer crescer no amor ", disse Francisco.

O pontífice argentino assegurou que "todo o mal do mundo, desde as guerras à cultura do descarte, poderia ser resumido como um desprezo à vida" e que "toda violência contra a vida provém do medo".

Sobre os motivos que levam o homem a "rejeitar a vida", o Francisco afirmou que as pessoas têm ídolos como "o dinheiro, o poder e o sucesso", que são "parâmetros equivocados para avaliar a vida".

Agência EFE

Categorias: ,

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.