Clube do Vaqueiro fecha as portas após 38 anos de atividades

Por Ipu Online — publicado | 19.11.18 | 0 comentários


Um dos clubes históricos de vaquejada do Ceará está fechando as porteiras. O Clube do Vaqueiro será transformado em um loteamento. O auge da casa aconteceu nos 1980 e 1990, quando as vaquejadas e o forró eletrônico viviam em alta. Atualmente, o local se sustenta por meio de eventos pontuais e festivais de músicas. Neste domingo (18), a casa realizou o último evento. Vaqueiros de diversas regiões do Nordeste participaram da "Última Vaquejada da História". Ao todo, os participantes disputaram R$200 mil em prêmios. 

Em entrevista ao canal do YouTube “Abre a Porteira”, Fábio Porcino, diretor do Clube, declarou que a especulação imobiliária avançou no município de Eusébio. “Chegou a hora. Virou um local perto da cidade. Chegou a hora de ser um espaço onde vai ser um loteamento. Quem correu no Clube vai poder morar”. 

Marcos Callou, um dos diretores do Clube, afirmou em entrevista que um novo empreendimento será construído no município de Aquiraz. "Quero dizer aos vaqueiros que não se preocupem. Iremos pegar a mesma estrutura e fazer no novo espaço. Vamos fazer uma área grande, perto da beira do mar. Haverá local de passeio de cavalos e outras novidades. O Clube do Vaqueiro não irá se acabar. Não vai morrer o nome".

No sábado (17), o cantor Wesley Safadão participou de uma das disputas por meio do Haras WS. Quem também esteve concorrendo foi o marido da cantora Simone, o empresário Kaká Diniz. 

Nos últimos anos, o Clube do Vaqueiro foi espaço da festa “Forró das Antigas”. Brucelose, Líbanos, Tropikália, Mastruz com Leite, Limão com Mel, Noda de Caju e Tropykália animaram o público que procurou a casa para dançar.

Diário do Nordeste

Categorias: ,

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.