Incêndio na Califórnia força 40 mil a deixar suas casas

Por Ipu Online — publicado | 9.11.18 | 0 comentários


Um incêndio de grandes proporções que atinge o norte da Califórnia, nos Estados Unidos, forçou 40 mil pessoas a deixarem suas casas, segundo Gavin Newsom, que atua como governador interino da região. Hospitais e escolas também foram esvaziados.

Os ventos fortes e a baixa umidade fizeram com que o incêndio se espalhasse rapidamente logo ainda na quinta-feira (8), quando ele surgiu. Em Butte County, o fogo chegou a se espalhar a uma velocidade de cerca de 80 campos de futebol por minuto, de acordo com a CNN.

O fogo avançou das áreas rurais para as áreas povoadas, indo de Pulga a Concow e descendo até Paradise, uma cidade de 26 mil habitantes a cerca de 135 km ao norte de Sacramento. É possível ver a fumaça da baía de San Francisco, que fica a 280 km do foco do incêndio.

O Departamento Florestal e de Proteção contra Incêndios da Califórnia (Calfire) informou que há ordens de evacuação para os povoados Pulga e Concow (condado de Butte), a cidade de Paradise e nas zonas rurais de Butte Creek Canyon e Butte Valley.

O vereador da câmara municipal de Paradise, Scott Lotter, que deixou a cidade junto com sua família, disse ao jornal "The Sacramento Bee" que "a cidade inteira está em chamas" e descreveu um cenário de "horror e caos" em que as estradas se encontram colapsadas pelo tráfego e os carros abandonados.


Clima seco e ventos fortes

O estado de alerta para as más condições climáticas está em vigor nesta sexta-feira (9), mas se espera que os ventos diminuam.

Porém, prevê-se que uma segunda rodada de ventos fortes entre a noite de sábado (10) e o domingo (11), segundo previsão de meteorologista da CNN.

A maior companhia provedora de gás e eletricidade da Califórnia, a PG&E, informou do corte do fornecimento a 14.000 residentes nos condados de Butte e Plumas a pedido dos bombeiros para garantir a segurança.

Um porta-voz da CalFire afirmou à CNN que a extensão da destruição ainda é desconhecida, mas as autoridades acreditam que até 1.000 imóvel foram destruídos - a maioria deles estava em Paraíso.
Em Butte County, várias famílias já foram transferidas para abrigos. As autoridades temem que o fogo chegue à cidade de Chico, a mais populosa do condado com 90 mil habitantes.


Os incêndios de grandes proporções na Califórnia são cada vez mais frequentes e violentos, como demonstra o fato de que, de acordo com os registros oficiais que remontam até 1932, quatro dos cinco mais destrutivos da história do estado ocorreram nos últimos seis anos.

No último mês de setembro, os bombeiros deram por controlado o incêndio Mendocino Complex, ativo desde julho e considerado o maior dos já documentados na história da Califórnia.

Agência EFE



Categorias:

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.