Corpo de cearense morta a facadas no Rio de Janeiro é velado em Crateús

Por Ipu Online — publicado | 16.12.18 | 0 comentários


O corpo de Crislyrrane de Sousa Bonfim (23), cearense assassinada a facadas no Rio de Janeiro, chegou a Crateús neste sábado (15) e é velado na casa das tias, no Bairro Venâncio.

Segundo a tia da vítima, Osmezina Bonfim, o enterro acontece nesta segunda-feira (17), no cemitério Santa Rita. A morte de Lyrrane, como era conhecida, causou comoção na cidade. "Muita gente tem vindo aqui, uma multidão. Ela era uma menina muito bem vista, uma menina boa", conta.

O velório ainda aguarda a chegada dos pais de Lyrrane, que seguiram para o Rio de Janeiro no dia da morte da filha. A viagem já estava marcada para que visitassem a jovem. Eles retornam para o velório às 17h deste domingo.

Morte
Crislyrrane, de 23 anos, trabalhava em um supermercado no Bairro Recreio dos Bandeirantes. Ela foi morta na quinta-feira (13), após ser esfaqueada "covardemente" pelo homem, segundo a família. A mulher chegou a ser socorrido a um hospital, mas não resistiu.

O primo de Crislyrrane, Marconnes Fernandes do Nascimento, disse ao G1 que a jovem foi assassinada próximo ao trabalho. “Ela foi morta perto de onde trabalhava. Ele deu um golpe de faca e ela foi a óbito no local”, explicou.

Ainda segundo o primo, Crislyrrane ajudava o morador de rua há muito tempo junto a outros colegas de trabalho. “Ela ajuda esse homem já havia um bom tempo. Não só ela ajudava, como também outros colegas de trabalho. Quase toda a comunidade. A Lyrrane era a que mais ajudava. Alimentos e outros tipos de doações”.

Marconnes também afirmou que, logo depois do crime, moradores revoltados lincharam o suspeito. “Outras pessoas da comunidade ficaram revoltadas e mataram ele. Se vingaram com um linchamento”. O G1 está aguardando posicionamento da polícia do Rio sobre o caso.

Um outro primo da mulher, Roberlândio Bonfim, contou que o morador de rua nutria esperanças em ter um relacionamento com Crislyrrane, o que poderia ter motivado o crime.

G1 CE

Categorias:

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.