Ginecologista aponta os vilões da saúde íntima no verão

Por Ipu Online — publicado | 16.12.18 | 0 comentários


Verão é época de sol, praia e piscina. Mas para aproveitar a estação mais quente do ano sem nenhum imprevisto é preciso reforçar o cuidado com a saúde íntima. Ambientes úmidos favorecem a proliferação de fungos e bactérias naturalmente presentes na flora vaginal.

A ginecologista Erica Mantelli explica que o desequilíbrio no PH vaginal associado à baixa imunidade do corpo faz com que haja um aumento nas secreções, corrimentos e até algumas doenças como, por exemplo, a candidíase.

Os principais cuidados devem estar nos hábitos mais simples. Veja quais são os erros mais comuns:
Biquíni molhado

O biquíni molhado é o principal vilão da vagina no verão. "As mulheres entram no mar ou na piscina e continuam com a parte íntima úmida. Isso facilita o desenvolvimento de fungos e bactérias. O ideal é sempre levar uma troca na bolsa e se manter seca durante o dia.”, ressalta Erica.

Absorventes diários
O uso incorreto de absorventes diários também pode ocasionar problemas para a saúde íntima da mulher. “Como são feitos de algodão, a vagina fica ainda mais úmida e isso pode desencadear secreções e corrimentos. Absorventes diários são apenas adequados para situações de emergência ou durante o ciclo menstrual, deixando claro que o recomendável é trocá-lo de quatro em quatro horas, mesmo se o fluxo sanguíneo for baixo.”

Sabonete íntimo
Seu uso é questionado por muitos ginecologistas, mas Erica pondera que o produto pode ser indicado, desde que sem exageros. “Todo e qualquer medicamento, sendo natural ou não, deverá passar pela avaliação médica”, ressalta.

Metro Jornal

Categorias:

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.