Morre o empresário cearense José Dias de Macêdo, aos 99 anos

Por Ipu Online — publicado | 6.12.18 | 0 comentários


Morreu, aos 99 anos, o empresário José Dias de Macêdo. A informação foi confirmada por familiares e a causa da morte, na madrugada desta quinta-feira (6), não foi divulgada.

O cearense fundou as organizações J.Macêdo, um dos maiores grupos empresariais do País, exercendo a função de diretor-presidente e sagrando-se como referência no comércio e na indústria.

Durante toda a vida, foi agraciado com homenagens e títulos de reconhecimento à atuação profissional, dentre eles o Troféu Sereia de Ouro, em 1976, oTítulo Honorífico de Cidadão de Fortaleza, a Medalha Ivens Dias Branco e o Destaque Empresarial e Medalha do Mérito Industrial.

José Macêdo nasceu em 8 de agosto de 1919, na cidade de Camocim. Formou-se no curso de Economia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi casado com Maria Proença de Macêdo por 64 anos, com quem teve oito filhos.

Sepultamento
O corpo do empresário será velado na Igreja Cristo Rei, Bairro Aldeota, a partir do meio-dia desta quinta-feira (6). Às 15h, terá início uma missa de corpo presente. O sepultamento acontece no cemitério São João Batista, no Centro da cidade.

Homenagem
Nas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana, prestou uma homenagem ao empresário. "José Macêdo teve papel de significativa relevância para o desenvolvimento do nosso estado e serve de exemplo para futuras gerações", disse.

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), através do presidente Beto Studart e toda a diretoria, também divulgou nota de pesar sobre o falecimento do empresário. "José Macêdo é um símbolo para a indústria nacional, por todo o trabalho realizado ao longo de seus 99 anos de existência. [...] Apesar deste momento de tristeza, o que fica é a certeza de que seu exemplo e ensinamentos serão valiosos para a história do Ceará", pontua a nota da empresa.

G1 CE

Categorias: ,

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.