Duas últimas vítimas do incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo são identificadas

Por redação Ipu Online, publicado em | 10.2.19 | 0 comentários

Foram identificadas neste domingo (10) as duas últimas vítimas do incêndio que aconteceu no Centro de Treinamentodo Flamengo na sexta-feira (8): Samuel Thomas de Souza Rosa e Jorge Eduardo dos Santos Pereira Dias, ambos de 15 anos de idade. Por volta das 15h30, as famílias dos jovens ainda aguardavam a liberação dos corpos no Instituto Médico Legal.

Jorge Eduardo Pereira dos Santos, volante do Flamengo de Além Paraíba — Foto: Divulgação
Samuel Thomas foi uma das vítimas do incêndio no CT do Flamengo — Foto: Reprodução
O incêndio ocorreu no fim da madrugada de sexta-feira (8), em uma parte do Ninho do Urubu que servia de alojamento para as categorias de base do Flamengo. No momento do acidente, 26 pessoas estavam no alojamento: 10 jogadores morreram, três ficaram feridos e outras 13 pessoas conseguiram se salvar sem ferimentos. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 5h10. Antes das 6h o fogo já havia sido controlado.

Os 10 jogadores mortos são Christian Esmério, 15 anos; Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14 anos; Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos; Bernardo Pisetta, 15 anos; Vitor Isaias, 15 anos; Samuel Thomas Rosa, 15 anos; Athila Paixão, 14 anos; Jorge Eduardo, 15 anos; Gedson Santos, 14 anos; e Rykelmo Viana, 16 anos.

Entre os feridos estão Cauan Emanuel, de 14 anos, Francisco Dyogo, de 15 anos, e Jhonata Ventura da Cruz, que está internado em estado grave no Hospital Pedro II. Jhonata está sedado e respirando por aparelhos, segundo o último boletim médico.

Cauan recebeu alta do CTI. Segundo os médicos, o adolescente respira sem a ajuda de aparelhos e está clinicamente bem. Ele foi encaminhado para um quarto no início da tarde deste domingo. Francisco Dyogo, de 15, segue no CTI.

Quem são os 10 garotos mortos no incêndio do CT do Flamengo — Foto: Arte/G1

G1 RIO


Arquivado em:

0 comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.