Flamengo de luto: incêndio deixa 10 mortos no Ninho do Urubu

Por redação Ipu Online | publicado | 8.2.19 | 0 comentários

Dez pessoas morreram e três saíram feridos. Fogo atingiu alojamento das categorias de base do time em Vargem Grande. Prefeitura disse que dormitório não tem licença municipal.


Parte das instalações do CT do Flamengo devastadas pelas chamas — Foto: Arquivo pessoal
Um incêndio de grandes proporções atingiu o Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada desta sexta-feira. O Corpo de Bombeiros foi chamado às 5h17 e informou que 10 pessoas morreram. Três jovens entre 14 e 15 anos também estão feridos, um deles em estado grave.

Oração de familiares e amigos dentro do Ninho do Urubu — Foto: agência Estado
O incêndio ocorreu no fim da madrugada, em uma parte antiga do Ninho do Urubu que servia de alojamento para as categorias de base do Flamengo, logo na entrada do CT. Os bombeiros foram acionados às 5h14, chegaram ao local às 5h38 e controlaram o fogo em pouco menos de uma hora.

A gente tem o local, que é o alojamento, onde os jogadores da base do Flamengo dormiam. A identificação das vítimas é feita posteriormente pela Polícia Civil - disse o tenente coronel do Corpo de Bombeiros Douglas Henaut, em entrevista a TV Globo.

Entre as mortes confirmadas estão:
Christian Esmério: Goleiro das categorias de base do Flamengo. Em abril, ele postou uma foto nas redes sociais de uma conquista com o clube;

Arthur Vinicius: morava com a família em Volta Redonda e completaria 15 anos no sábado (9). A família foi avisada e está a caminho do Rio, segundo informações da TV Rio Sul. Ele faria 15 anos neste sábado (9);

Pablo Henrique da Silva Matos: jogador do sub-17 do Flamengo, nasceu em Minas Gerais. É primo do zagueiro Werley, do Vasco, que já foi foi informado da tragédia;

Bernardo Pisetta: tinha 14 anos e estreou no Flamengo em agosto de 2018. Veio de Indaial (SC);

Vitor Isaías: tinha 15 anos e veio de Indaial, no Vale do Itajaí catarinense. Estava no Fla desde agosto de 2018;

Athila Paixão: tinha 17 anos, era sergipano, natural de Lagarto e integrava o time de base do Flamengo desde março de 2018.

Athila Paixão, Christian Esmério, Artur Vinícius, Pablo Henrique, Bernardo Pisetta e Vitor Isaías: mortos no incêndio no CT do Flamengo — Foto: Reprodução/TV Globo
Um dos três feridos atendidos no Hospital Lourenço Jorge se chama Cauã Emanuel Gomes Nunes. Ele tem 14 anos, é de Fortaleza e mora no Rio de Janeiro há três anos. Francisco Diogo Bento Alves e Jonathan Cruz Ventura, ambos de 15 anos, são os outros dois jovens atendidos no hospital localizado na Barra da Tijuca.


Cauan foi um dos jogadores feridos no incêndio. Atleta do Flamengo será transferido para hospital particular — Foto: Reprodução

Segundo as informações do Bom Dia Brasil, Jonathan Cruz Ventura é quem está em situação mais crítica. Ele teve 40% do corpo queimado e vai ser transferido para o Hospital Pedro II, referência no assunto. Francisco Diogo Bento Alves está com quadro estável, mas vai ser transferido para o CTI. Já Cauã Emanuel Gomes Nunes está lúcido, na melhor condição.

Segundo os funcionários do CT, os primeiros sinais do incêndio começaram a aparecer por volta de 5h10, e o Corpo de Bombeiros acredita que as vítimas poderiam estar dormindo no momento.

- Essa possibilidade (de que as vítimas estivessem dormindo) existe, pelo horário e local do incêndio. É possível que estivessem dormindo e não pudessem evacuar a tempo - disse o tenente coronel do Corpo de Bombeiros.


Fla-Flu será adiado
Por conta da tragédia no Ninho do Urubu, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) fez uma reunião nesta sexta-feira para adiar o Fla-Flu deste sábado, pela semifinal da Taça Guanabara.

O presidente do Fluminense, Pedro Abad, foi solidário ao Flamengo e disse não ter menor clima para se jogar um Fla-Flu neste sábado.

- Trágico, a gente que trabalha com crianças, jovens, não tem como não se emocionar. Não tem clima nenhum para jogo de futebol , para nada. Clima só para confortar as famílias. 300 jovens, muita atenção

G1





Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.