Mulher é morta pelo namorado após desfile de carnaval em SP

Por redação Ipu Online | publicado | 5.3.19 | 0 comentários

Casal voltava de festa de carnaval. Suspeito, de 25 anos, ligou para o pai logo após o crime; ele foi encaminhado a Delegacia de Ibitinga (SP) e não tinha passagem pela polícia.

Homem estrangula namorada após festa de carnaval em Borborema — Foto: Redes sociais/Reprodução
Uma mulher, de 29 anos, morreu após ser estrangulada pelo namorado na madrugada desta terça-feira (5), em Borborema (SP). Segundo a polícia, o crime aconteceu após uma briga quando eles voltavam de uma festa de carnaval. O rapaz foi preso.

O crime aconteceu na casa do casal no Jardim Ouro Verde. Familiares disseram que eles saíram no carnaval de rua e levaram a filha da balconista, de 14 anos, para casa da avó, mas quando chegaram em casa começaram a discutir e ele a estrangulou.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, Anderson Dornelos Urich, de 25 anos, fugiu a pé logo após estrangular a vítima Thaís de Andrade e ligou para seu pai.

A polícia foi acionada e precisou remover telhas para conseguir entrar na casa. A vítima foi encontrada caída no chão com marcas no pescoço.


De acordo com a Polícia Civil, na residência do casal ainda foram encontrados alguns gramas de cocaína. Anderson foi levado para o pronto-socorro para fazer exames para avaliar se ele estava alcoolizado ou sob efeito de drogas.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Ibitinga (SP), onde foi comunicado que ela estava morta. Ainda segundo a polícia, Anderson não tem passagem pela polícia. Ele foi preso e vai passar por audiência de custódia. A data não foi informada.

O corpo de Thaís foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jaboticabal (SP) e o enterro será no cemitério municipal de Borborema nesta quarta-feira (6) às 9h.

Vítima de 29 anos foi estrangulada pelo namorado após festa de carnaval — Fotos: Reprodução/TV TEM

G1 SP

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.