Guaraciabense é uma das vítimas da tragédia no desabamento dos prédios no Rio

Por redação Ipu Online | publicado | 14.4.19 | 0 comentários


Confirmado, um guaraciabense está entre as vítimas da tragédia no Rio de Janeiro. A triste notícia foi dada pelos próprios familiares e amigos. A tragédia foi na manhã dessa sexta, 12/04 onde prédios desabaram na região de Muzema, Zona Oeste do Rio.

De acordo com informações, Raimundo Nonato do Nascimento estava em um dos prédios, onde residia com esposa e filhos no momento do desabamento e Infelizmente ele acabou morrendo. Raimundo era natural de Guaraciaba do Norte, filho do Sr. Raimundo Nascimento, que reside no sítio bananeiras, zona rural de Guaraciaba. 

Vale ressaltar, que a região onde os prédios desabaram moram vários cearenses, principalmente da região do Ipu e de Guaraciaba do Norte. De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura e Habitação do Rio de Janeiro, Sebastião Bruno, três prédios nos arredores dos outros dois que desabaram nesta manhã foram interditados pelo risco de desabamento e serão demolidos.

Os moradores serão realocados por meio do programa da prefeitura chamado Aluguel Social. Além do Raimundo Nonato, outras oito pessoas já morreram na tragédia, e outras quinze continuam desaparecidas. Veja a lista dos mortos e feridos:

Os mortos são:
Raimundo Nonato do Nascimento
Pedro Lucas, 7 anos
Claudio Rodrigues, 40 anos
Hiltonberto Rodrigues de Souza
Maria Nazaré de Souza
Hilton Guilherme Sodré de Souza
Um menor ainda não identificado
Uma mulher não identificada
Um menino não identificado

Os feridos são:
Raimundo Nonato Ferreira Gomes, 41 anos (alta)
Luciano Paulo Dos Santos, 38 anos ( alta)
Adilma Rodrigues, 35 anos ( estado grave no Lourenço Jorge)
Evaldo Vieira Silva, 46 anos ( internado no Miguel Couto)
Carolina Ferreira Andrade, 29 anos (alta)
Rafael Paes Leme Do Nascimento, 4 anos ( internado no Miguel Couto)
Paloma Paes Leme Barroso, 44 anos ( internada no Miguel Couto)
Clara Rodrigues, 10 anos (alta)

Professor Carlos Pereira

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.