Após ter energia cortada, homem tira a escada e deixa técnico pendurado no poste

Por redação Ipu Online » publicado | 4.5.19 | 0 comentários


Um funcionário da Centrais Elétricas do Pará (Celpa) ficou pendurado no poste após um cliente, inconformado com o corte de sua energia, retirar a escada em que o técnico se apoiava. O representante da empresa ficou suspenso no poste pelo cinto de segurança, à espera do socorro. O caso ocorreu na segunda-feira, 29, em Barcarena, na Região Metropolitana de Belém, no Pará.

O cliente tentou impedir o corte de energia alegando que os papéis estavam pagos e em dia, mas quando o técnico subiu para desconectar a fiação, ele apelou para a retirada da escada. O funcionário estava acompanhado por outro colega de trabalho, como é procedimento nesses casos, mas este foi impedido de ajudar o amigo que estava nas alturas. O caso foi relatado pelo jornalista local Carlos Baía em sua conta pessoal no Facebook.

Em sua publicação, Carlos condena a ação do consumidor, afirmando que “poderia causar a morte de um pai de família”. Por outro lado, também declara que caso o cliente tenha a razão e a conta estivesse em dia, a Celpa deveria ser processada tanto pelo técnico quanto pelo consumidor em função dos “momentos constrangedores” que ambos passaram. Por meio de nota, a Celpa disse que está acompanhando o caso junto às autoridades.

De acordo com a atual legislação, uma concessionária pode cortar a energia de um consumidor que esteja com pelo menos uma conta de energia atrasada, desde que emita aviso com 15 dias de antecedência. A empresa tem até 90 dias para cessar o fornecimento de eletricidade, se ultrapassar esse período, o débito precisa ser cobrado na Justiça.

O Povo

Arquivado em:

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.