Terroristas assassinam sacerdote e cinco fiéis e incendeiam igreja em Burkina Faso

Por redação Ipu Online | publicado | 13.5.19 | 0 comentários


Entre 20 e 30 terroristas entraram em uma igreja católica durante a Missa dominical do dia 12 de maio e assassinaram o sacerdote e outros cinco fiéis em Burkina Faso, em seguida, colocaram fogo no templo.

De acordo com a Agência de Informação de Burkina, organismo de informações governamental, os agressores, que foram identificados como "terroristas", chegaram em motocicletas à igreja na cidade de Dablo.

Estando do lado de dentro, ordenaram que as mulheres e crianças saíssem do local. Então, executaram os seis homens, incluindo o sacerdote.
Após o crime, os terroristas incendiaram a igreja e alguns bares na cidade.

Embora não haja certeza sobre quem estaria por trás do ataque, a BBC britânica assinalou que extremistas islâmicos intensificaram seus ataques nos últimos 3 anos.

Nas últimas cinco semanas, três igrejas foram atacadas no país.

A agência vaticana Fides informou que no início de abril deste ano, 62 pessoas morreram no norte de Burkina Faso após um atentado terrorista e um posterior confronto entre comunidades.

Em 28 de abril, seis protestantes foram mortos no norte do país.

Estima-se que cerca de 60% dos habitantes de Burkina Faso professam o islamismo, enquanto os cristãos, com maioria católica, representam pouco mais de 20% da população.

ACI


Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.