Advogada de mulher que acusa Neymar de estupro deixa o caso

Por redação Ipu Online | publicado | 8.6.19 | 0 comentários


A advogada Yasmin Pastore Abdalla não é a mais a defensora da Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa o jogador Neymar de agressão e estupro. Ela deixou o caso nesta quinta-feira (06/06/2019). As informações são da colunista Sonia Racy, do Estadão.

No lugar da jurista, entra Danilo Garcia de Andrade, que assessorava Yasmin no caso. Esse é o segundo advogado que deixa o caso Najila. O primeiro foi José Edgar Bueno, que, ao sair da defesa, alertou a cliente a respeito da mudança na versão sobre o que de fato aconteceu entre ela e o atacante ao registrar Boletim de Ocorrência.
Segundo Bueno Filho, a mulher teria relatado à polícia uma história diferente da que havia contado no primeiro encontro com ele: a de que teria ocorrido agressão durante sexo consensual, e não estupro.

Escândalo
A acusação contra Neymar veio à tona no último fim de semana. Nesse sábado (01/06/2019), foi noticiado que Najila fez boletim de ocorrência (BO) em São Paulo contra o atacante no dia anterior, acusando-o de tê-la estuprado em 15 de maio, em Paris. O crime teria ocorrido depois de eles se conhecerem pelo Instagram e o jogador pagar uma viagem para ela ir até a capital francesa a fim de encontrá-lo. O caso, rapidamente, virou notícia em todo o mundo. 

Metrópoles

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.