Ex-namorados de George Michael ficam fora do testamento do cantor que acaba de ser liberado… Entenda!

Por redação Ipu Online | publicado | 6.6.19 | 0 comentários


O testamento de George Michael, morto no dia de Natal de 2016, não traz nada para seus ex-namorados Fadi Fawaz e Kenny Goss.

Somente agora foi divulgado o teor do documento que define a partilha da fortuna do cantor, estimada em US$ 124 milhões (pouco mais de R$400 milhões).

As pessoas que levbaram parte de seu patrimônio, como casas em Londres, foram as irmãs do astro, Yioda e Melanie. Já o belíssimo haras que Michael comandava ficou com seu pai, Kyriacos.

No mais, amigos e parentes ficarão com o restante. Shirlie Kemp, amigo que também dividia a parceria no saudoso grupo Wham!, e o produtor David Austin estão nesse "bolo".

E cabe a Yioda escolher, entre amigos do cantor, para freceber o que tiver de herança. Uma fonte disse ao The Sun:

"É um lindo gesto nomear seus amigos mais próximos. Mas no final ele deixou tudo para Yioda. Ele sabia que ela sempre faria a coisa certa".

O The Mill Charitable Trust, montado por George 2009, ficou com as obras de arte e antiguidades do cantor, incluindo um piano que pertenceu a John Lennon.

Fadi Fawaz, que começou a namorar Michael em 2012, segue morando em uma casa do cantor no Regent's Park em Londres, embora tenha recebido vários ofícios para abandonar o imóvel. Foi ele quem encontrou o músico morto na cama, em sua casa em Oxfordshire.

Kenny Goss namorou George de 1996 a 2011.

OFuxico

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.