GP do Canadá: Hamilton mantém o domínio e vence a quinta no ano após punição polêmica a Vettel

Por redação Ipu Online | publicado | 9.6.19 | 0 comentários

Piloto da Ferrari passa em primeiro, mas é punido em cinco segundos e vê inglês levar a vitória em Montreal e disparar na liderança do Mundial. Charles Leclerc completa o pódio com a Ferrari


Sebastian Vettel foi ao limite para tentar segurar a liderança do GP do Canadá. Mas, no fim, não suportou a pressão de Lewis Hamilton. Ao cometer um erro na freada da curva 4, o alemão forçou a volta à pista, bloqueando a ultrapassagem do rival. Acabou punido em cinco segundos e abriu o caminho para que o inglês da Mercedes vencesse o GP do Canadá neste domingo. O piloto da Ferrari precisou se contentar com o segundo lugar em Montreal - e não ficou nada feliz por isso. Foi a quinta vitória de Hamilton na temporada e a 78ª na carreira do heptacampeão mundial.

A briga pela vitória foi a única a empolgar no Circuito Gilles Villeneuve. Sem ser ameaçado, Charles Leclerc completou o pódio em terceiro lugar. Em quarto, Valteri Bottas até conseguiu ganhar duas posições com sua Mercedes em relação à largada, mas sem muito brilho. Em outro duelo particular, Max Verstappen, da RBR, levou a melhor sobre o ex-companheiro Daniel Ricciardo e fechou em quinto lugar.

Após uma boa largada, Vettel viu Hamilton voltar muito mais rápido à pista após a parada nos boxes. O piloto alemão tentou tudo o que pôde para suportar a pressão. Um erro na curva 4, porém, tirou suas chances de vitória. A partir dali, Hamilton esperou pela decisão dos comissários e passou a poupar o carro. Quando a punição ao rival foi anunciada, viu o caminho livre para cruzar a linha de chegada em segundo, mas garantir a vitória.

A largada
Vettel não podia esperar uma largada melhor. O alemão segurou a liderança e abriu um segundo de vantagem já na primeira volta. Hamilton foi pressionado por Leclerc, mas conseguiu se manter em segundo lugar, à frente do piloto da Ferrari e de Daniel Ricciardo, da Renault. Quem se deu mal foi Bottas, que perdeu o sexto lugar para Hulkenberg e caiu para sétimo. O único incidente foi com Alexander Albon, da STR, que perdeu o bico de seu carro ao ser fechado por Kimi Raikkonen. Um pedaço do carro foi parar dentro do cockpit de Grosjean, que precisou tirar com a mão.

Momentos-chave

1. Logo na largada, Albon ficou encurralado e perdeu o bico de seu carro. Parte dele, inclusive, foi parar no cockpit de Grosjean, que precisou retirar a peça com a mão.

2. Nas primeiras voltas, Lando Norris passa à frente de Max Verstappen, mas leva o troco logo depois.

3. Carro de Lando Norris dá problema abertura da nona volta e inglês é o primeiro a dar adeus à prova.

4. Após perder ritmo, Vettel vai para os boxes, coloca os pneus duros e retorna em terceiro na 27ª volta.

5. Duas voltas depois, Hamilton para, coloca os pneus de faixa branca e retorna em terceiro, atrás de Vettel e Leclerc, que ainda não havia parado.

6. Giovanazzi, que havia acabado com o carro o primeiro treino livre, gira e quase bate na 27ª volta.

7. Na 33ª volta, Sergio Perez chega a encostar no carro em Grosjean, mas consegue bela ultrapassagem.

8. Leclerc passa Verstapen e reassume a terceira posição na volta 36.

9. Bottas e Ricciardo fazem disputa intensa pelo quinto lugar, com boas ultrapassagens dos dois lados.

10. Hamilton acelera para tirar a diferença de Vettel, mas erra na freada do grampo e perde tempo.

11. É a vez de Vettel errar, perder a direção, parar na grama e fechar a porta no limite para não perder a liderança para Hamilton.

12. Vettel recebe punição de cinco segundos por fechar ultrapassagem de Hamilton.

G1

Arquivado em:

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.