Brasil vence o Peru e é campeão da Copa América

Por redação Ipu Online | publicado | 8.7.19 | 0 comentários


O Brasil venceu o Peru neste domingo por 3 a 1, no Maracanã, e se tornou o campeão da Copa América 2019. Everton Cebolinha abriu o placar, que foi empatado com um gol de Guerrero. Gabriel Jesus, que foi expulso no segundo tempo, fez 2 a 1 ainda antes do intervalo e, no segundo tempo, Richarlison definiu a vitória batendo um pênalti sofrido por Everton. A seleção brasileira, que mantém a invencibilidade de nunca ter perdido uma Copa América em que foi o país sede, chegou ao seu nono título sul-americano.

Logo aos 15 minutos do primeiro tempo, a seleção brasileira pareceu que manteria a final sem chance para zebra: Gabriel Jesus fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau, onde Everton apareceu livre para abrir o placar com um chute de primeira. Os brasileiros só foram ameaçados aos 40, quando Cueva invadiu a área pela direita e viu seu cruzamento rasteiro ser desviado pelo braço de Thiago Silva. O árbitro marcou pênalti, revisou a jogada no VAR e confirmou a penalidade, convertida por Guerrero. O Peru estava contente em ir para o intervalo com um empate mas, nos acréscimos, Roberto Firmino roubou a bola no campo de ataque e tocou para Arthur, que contou com um escorregão de Zambrano para deixar Jesus na cara do gol. O camisa 9 bateu cruzado, fazendo 2 a 1 para os donos da casa.

O Brasil começou o segundo tempo criando chances com Firmino, mas viu a final se complicar quando, aos 25 minutos, Gabriel Jesus foi expulso ao tomar o segundo cartão amarelo após disputa pelo alto com Zambrano. O Peru ensaiou uma pressão e chegou a assustar Alisson em chegadas perigosas de Trauco e Flores. Aos 44 minutos, Everton tabelou com Arthur e, na disputa com o goleiro Gallese, foi empurrado dentro da área por Zambrano. O árbitro apitou o pênalti, reviu o lance no VAR e, novamente, manteve a marcação. Richarlison, que superou uma caxumba no meio do torneio, bateu no cantinho e saiu para comemorar o 3 a 1, que decretou o primeiro título do treinador Tite no comando da seleção brasileira.

Coube ao capitão Daniel Alves receber o troféu das mãos do presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, e erguer o troféu. O lateral de 36 anos também foi eleito o melhor jogador da Copa América. Alisson recebeu o prêmio de melhor goleiro e Everton, com três gols, ganhou o troféu de artilheiro do campeonato sul-americano.

Bolsonaro comemora com jogadores titulo de campeão da Copa América
EL PAÍS


Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Ipu Online.