Ex-marido suspeito de tentar matar mulher e cunhado a facadas em Santana do Cariri é preso

Por redação Ipu Online » publicado | 25.10.19 | 0 comentários

Após receber denúncias de onde o suspeito poderia estar os policiais seguiram as pistas e localizaram o Antônio escondido em uma residência no meio da floresta.

Foto: Isaac Macedo/SVM
A Polícia Militar prendeu Antônio de Aquino Filho, suspeito de tentar matar a ex-companheira e o irmão dela a facadas em Santana do Cariri nesta quarta-feira (23). A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (24) na floresta do Araripe entre as cidades de Nova Olinda e Crato.

Após receber denúncias de onde o suspeito poderia estar, os policiais seguiram as pistas e localizaram Aquino escondido em uma residência no meio da floresta. O homem tentou se esconder atrás de uma geladeira, mas logo foi detido pelos agentes.

No momento da prisão, ele confessou os crimes e disse que esfaqueou a ex-companheira, pois ela não estava deixando ver a filha. "A gente chegou lá e ele estava atrás da geladeira. Não resistiu à prisão, mas tentou se esconder. Logo após foi preso e conduzido para delegacia", disse o sargento da Polícia Militar, Tarcísio Duarte.

A ex-companheira, identificada como Antônia Daniele de Souza Alves, de 22 anos, estava próximo ao Fórum de Santana do Cariri quando foi abordada pelo ex-marido, segundo a delegada Louise Braga, responsável pelo caso. Ao perceber que a irmã era esfaqueada, Antônio Ismael de Souza Alvez, de 19 anos, tentou interferir no ataque e também recebeu golpes de faca.

Medida protetiva
A delegada de Santana do Cariri, Louise Braga, informou que Daniele denunciou Aquino na última semana por agressão e chegou a pedir medida protetiva contra o marido. A delegada pediu a prisão preventiva do suspeito, mas a solicitação foi indeferida.

O marido compareceu à delegacia nesta terça-feira (22) para prestar depoimento sobre a agressão.

Diário do Nordeste

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.