Grupo de 30 venezuelanos se refugia em Sobral, na Região Norte, em prédio abandonado

Por redação Ipu Online » publicado | 19.11.19 | 0 comentários


Um grupo de 30 venezuelanos está alojado no bairro Tamarindo, em Sobral, município da Região Norte do Estado, há uma semana. O grupo está abrigado em uma antiga hospedagem, hoje abandonada, que foi cedida provisoriamente. Nesta segunda-feira (18), os venezuelanos devem ser acomodados em uma casa disponibilizada pela paróquia do Município, visto a má condição apresentada pelo atual imóvel. 

“Eu vim de lá [Venezuela] para melhorar um pouco a minha vida. Cheguei ao Brasil e trouxe a minha família porque eles estavam morrendo de fome na Venezuela”, conta Amilka Guidá, único do grupo que fala português, ainda pouco fluente. Ele relata que chegou ao Brasil pela região Norte, foi até Brasília e só depois chegou a Fortaleza - depois da capital, o venezuelano rumou com destino a Sobral.

Além do grupo, outros venezuelanos estão a caminho do município cearense.

Pedido de Ajuda
No total, o grupo conta com 15 crianças e 15 adultos, entre homens e mulheres - uma delas grávida. “Nós homens estamos precisando de serviço, estamos querendo começar a trabalhar. Nós temos esse direito. Nossas mulheres também estão precisando de serviço. Gostamos de Sobral e vamos ficar aqui”, garante Amilka. O venezuelano conta que chegou ao Município há cinco dias e conseguiu ajuda de moradores com alimentação e vestimenta. 

“Nós não vamos mais regressar à Venezuela porque estamos melhor aqui. O brasileiro tem bom coração para ajudar o venezuelano. Estávamos pedindo ajuda nos sinais, mas quando chegamos aqui trouxeram comida”, lembra.


Situação
Lucione Queiroz, pároco da Catedral de Sobral, só tomou conhecimento da presença do grupo neste domingo (17), durante a realização de um evento na Paróquia Nossa Senhora Do Patrocínio. “Ontem celebramos o Dia do Pobre com um café comunitário e eles chegaram lá”, lembra. O sacerdote informou que uma casa da paróquia será preparada ainda hoje para o grupo. 

“A transferência será feita ainda hoje. As crianças e mães irão para um abrigo provisório e os homens irão para a casa fazer a limpeza do local”, garante. 

Serviço (doações)
Comunidade Mãe da Divina Providência de Sobral
Rua Cel. Sabino Guimarães, 373, Centro (Próximo ao posto de saúde da estação)
Coordenação da Casa: (88) 99613.4449

Diário do Nordeste



Arquivado em:

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.