Morador de Barbalha passa um mês sem energia e recebe cobrança de R$ 28 mil da Enel

Por redação Ipu Online » publicado | 21.11.19 | 0 comentários


Morador de Barbalha está há mais de um mês sem energia em casa. Ricardo Mariano teve sua energia cortada em 19 de outubro deste ano e foi indevidamente cobrado pela Enel, que computou uma dívida de R$ 28.778,46 em consumo de energia.

O problema começou quando Ricardo Mariano solicitou a troca de titularidade da conta da Enel. O homem passou cinco meses sem receber qualquer cobrança, até que um funcionário da empresa anunciou o corte da energia no dia 12 de outubro. Neste mesmo dia, Ricardo Mariano recebeu uma conta no valor de R$ 4 mil e foi informado pelo funcionário sobre outra conta no valor de R$ 10 mil. “Eu moro só. Mora eu e Deus na casa. São nove luzes de 15 watts e uma geladeira. É absurdo!”, reclamou o morador.

Ricardo Mariano se dirigiu a uma unidade da Enel no mesmo dia. Lá, o cliente foi informado que o débito total em seu nome era no valor de R$ 28 mil. O homem fez uma reclamação formal que não deu resultado e teve sua luz cortada sem qualquer anúncio num prazo de sete dias. Ricardo Mariano então se reuniu com um advogado e ajuizou uma ação contra a Enel na Comarca de Barbalha.

“Ontem fui no Fórum, contei ao Juiz. Aí eu disse que ia dormir lá no Fórum, porque eu não posso fazer nada, tô desesperado! Perdi tudo o que tinha na geladeira! Tô morando de favor, tive que sair da casa!”, desabafou Ricardo Mariano em entrevista ao Site Miséria.

Em nota oficial encaminhada pela Enel à redação do Site Miséria, a empresa informou que encontrou uma falha na leitura de medição da residência de Ricardo Mariano e já cancelou as faturas que somavam mais de R$ 28 mil, gerando uma nova conta com o valor corrigido. Além disso, a empresa solicitou a religação da energia do cliente.

Site Miséria

Arquivado em:

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.