Chuva no Ceará alaga ruas, invade casas e afeta fornecimento de energia elétrica

Por redação Ipu Online » publicado | 7.1.20 | 0 comentários


A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou precipitações em, pelo menos, 52 cidades do Ceará, entre 7h da segunda-feira (6) e 7h desta terça-feira (7). Destaque para Quiterianópolis, município dos Inhamuns, com chuva de 108 milímetros.

Em Ubajara, na região da Ibiapaba, 68 milímetros foram suficientes para causar transtornos para a população. A água da chuva alagou duas avenidas, invadiu residências e afetou também o fornecimento de energia elétrica em alguns pontos.

Segundo a Funceme, há nuvens em quase todo o Ceará bem como em praticamente todo o Nordeste brasileiro. As nuvens significativas de chuva encontram-se sobre a faixa litorânea do Estado do Maranhão e no centro do Piauí.

A Zona de Convergência Intertropical é o principal sistema indutor de chuva no norte do Nordeste no período de fevereiro a maio. A ZCIT é uma banda de nuvens que circunda a faixa equatorial do globo terrestre, formada principalmente pela confluência dos ventos alísios do hemisfério norte com os ventos alísios do hemisfério sul.

10 maiores chuvas por posto no dia:
• Quiterianópolis (Posto: Santo Antônio) : 108.0 mm
• Ubajara (Posto: Ubajara) : 68.0 mm
• Viçosa Do Ceará (Posto: Sitio Vambira) : 53.6 mm
• Parambu (Posto: Novo Assis) : 53.0 mm
• Icapuí (Posto: Peixe Gordo) : 52.0 mm
• Jardim (Posto: Sitio Bonsucesso) : 50.0 mm
• Coreaú (Posto: Sitio Urubu) : 39.0 mm
• Ibiapina (Posto: Ibiapina) : 35.0 mm
• Guaraciaba Do Norte (Posto: Limoeiro) : 28.2 mm
• Porteiras (Posto: Porteiras) : 27.0 mm

Diário do Nordeste

Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.