Trem atropela e mata 14 migrantes que voltavam pra casa no oeste da Índia

Por redação Ipu Online » publicado em | 8.5.20 | 0 comentários

Os trabalhadores estavam voltando para suas aldeias a pé depois do fechamento de fronteiras e falta de transporte devido ao lockdown do coronavírus

O pessoal da polícia e os oficiais andam em uma via férrea enquanto verificam o local após um acidente de trem com trabalhadores migrantes dormindo na ferrovia entre os distritos de Jalna e Aurangabad no estado de Maharashtra nesta sexta-feira.(foto: STR / AFP)
Quatorze trabalhadores migrantes morreram atropelados por um trem na região oeste da Índia quando dormiam nos trilhos no caminho de volta para suas casas, anunciaram as autoridades locais nesta sexta-feira (8/5).

Dezenas de milhões de indianos perderam seus trabalhos devido ao confinamento decretado para conter a pandemia do novo coronavírus neste país do sul da Ásia. A paralisação da atividade econômica gerou um importante êxodo de trabalhadores para suas regiões de origem, apesar da ausência de meios de transportes públicos e do fechamento das fronteiras entre estados.

"Os trabalhadores caminhavam para voltar a suas casas e decidiram descansar nos trilhos. Um trem de mercadorias os atropelou", declarou à AFP S.S. Sutale, chefe de polícia da região de Aurangabad, no estado de Maharashtra.

Três pessoas ficaram feridas. Os trens de passageiros não circulam na Índia desde o fim de março, mas o transporte de mercadorias prossegue pelas ferrovias.

Vários estados indianos utilizaram recentemente trens especiais para transportar os migrantes a suas casas. Mas muitas pessoas não têm como pagar pela passagem e continuam tentando retornar a pé para suas cidades, viagens de centenas de quilômetros.

A Índia registrou até o momento 1.886 mortes e 56.342 casos confirmados da covid-19.

Agência France-Presse

Arquivado em:

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.