Brasil passa de 800 mil casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos de imprensa no boletim das 20h

Por redação Ipu Online » publicado em | 11.6.20 | 0 comentários

País registrou 100 mil novos casos em apenas três dias; mortes pelo coronavírus passam de 41 mil

Pessoas se aglomeram em rua de São Paulo (SP), em processo de reabertura, no dia em que Brasil ultrapassa a marca de 800 mil casos de Covid-19; estado lidera estatísticas brasileiras Foto: Amanda Perobelli / Reuters

O Brasil passou de 800 mil casos confirmados de Covid-19 nesta quinta-feira. São, oficialmente, 805.649 contágios pelo coronavírus e 41.058 vidas perdidas. Os números são do boletim de 20h do consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S. Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, a partir das atualizações das secretarias estaduais de Saúde. Nas últimas 24 horas, foram 30.465 novas infecções e 1.261 óbitos confirmados pelas pastas.

O país registrou mais de 100 mil novos casos nesta semana. Os números oficiais da Covid-19 no Brasil passaram da marca de 700 mil na última segunda-feira. O período, de três dias, é o menor desde o início da pandemia. O país vinha superando essa marca a cada quatro dias desde o dia 31 de maio. Neste ritmo, o número de contágios pode chegar a um milhão em seis a oito dias.

Em termos de óbitos, o país deve ultrapassar o Reino Unido, que soma 41.364 mortes no levantamento da Universidade Johns Hopkins (EUA), na próxima sexta-feira. Assim, o Brasil, que já era o segundo país com mais casos, passará a ter o segundo maior volume de vítimas fatais da doença.

Também nesta quinta-feira, o estado de São Paulo chegou a 10 mil mortes pelo coronavírus. A nível global, o estado fica à frente da maior parte dos países atingidos pela pandemia e é superado apenas por México, Espanha, França, Itália, Reino Unido e Estados Unidos. 

 A parceria entre os veículos de imprensa foi iniciada na última segunda-feira, diante da instabilidade do Ministério da Saúde na divulgação dos números sobre a Covid-19. A pasta informou na noite desta quinta-feira que o Brasil registrou 30.412 novos infectados pelo novo coronavírus, além de 1.239 mortes em decorrência da doença, nas últimas 24 horas. Com isso, nos números do ministério, o país chega a 802.828 casos e 40.919 óbitos.

Vacina em SP

O governo paulista anunciou, nesta quinta-feira, que o Instituto Butantan vai produzir uma vacina contra o coronavírus em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech. A previsão é de que o imunizante estehja disponível no Brasil até junho de 2021. O acordo prevê a participação de São Paulo na realização de testes clínicos, com a disponibilização de 9 mil voluntários a partir de julho deste ano.

No Rio, as mortes em decorrência do novo coronavírus foram retratadas nas areias da Praia de Copacabana na manhã desta quinta-feira por meio de um protesto da ONG Rio de Paz. Na ação, iniciada às 4h, foram abertas cem covas rasas na altura do Hotel Copacabana Palace para chamar a atenção sobre a postura dos governos durante a pandemia de Covid-19, principalmente o federal. Quarenta voluntários participaram do protesto, que também teve instaladas bandeiras do Brasil e cruzes.

Mesmo com o avanço da pandemia, as prefeituras do Rio de Janeiro e São Paulo deram aval para que os  shoppings voltem a funcionar esta quinta-feira, embora com horário reduzido. No Rio, o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) antecipou a reabertura dos shoppings, que inicialmente ocorreria no dia 17, mas o uso de máscaras será obrigatório, e a temperatura de todos os funcionários e consumidores será medida na entrada.

O Globo


Arquivado em:

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.