Homem é preso após agredir e ameaçar matar mãe na Várzea do Jiló

Por redação Ipu Online » publicado em | 26.6.20 | 0 comentários

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira (25/06), pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Ipu, após agredir e ameaçar de morte a própria mãe, uma mulher de 60 anos. 


A Guarda Civil Municipal de Ipu recebeu na tarde desta quinta-feira (25/06), por volta dás 14h45,  informação de um caso de violência doméstica no distrito de Várzea do Giló, região serrana do município.

A equipe foi até ao local e constatou que o autor havia agredido a própria mãe, com empurrões, bem como agressões verbais seguidos de ameaça de morte, sendo que o autor inclusive estava de posse de uma foice. A vítima informou que o filho quebrou vários itens da residência e ainda subtraiu uma quantia em dinheiro.

A vítima estava psicologicamente abalada e chorando muito, trata-se de uma idosa, aparentando ter acima de 60 anos. A mesma informou que mora sozinha com o filho, este apresentava sinais de ter usado droga, sendo que inclusive estava agressivo e tinha momento em que "não falava coisa com coisa",  que ao perceber a equipe o autor resistiu a abordagem e começou a dizer "não vem que eu estou com uma foice", sendo que o ato contínuo ele se evadiu do local e correu em  direção a uma mata, entretanto a equipe acabou alcançando-o e conseguiu imobilizá-lo.

A vítima demonstrou interesse que o filho fosse responsabilizado pelos atos cometidos, motivo pelo qual foi feita a condução do acusado. Foi informado ainda a GCM que na data de quarta-feira (24/06), o autor já havia agredido uma outra mulher, bem como havia danificado o veículo do esposo da referida mulher.

O acusado foi indicado nos artigos 129, parágrafo 9°(VIOLÊNCIA DOMÉSTICA), e 329( RESISTÊNCIA A PRISÃO) Dec Lei 2.848(Código Penal Brasileiro) autuado e recolhido na cadeia de Guaraciaba do Norte, aguardando o pronunciamento da justiça.

Equipe de serviço: GCM Andrade, GCM Ivanildo, GCM Gomes e GCM Soares.

Foice usada no crime



 



Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.