Sargento da PM é morto ao reagir a tentativa de assalto em Fortaleza

Por redação Ipu Online » publicado em | 15.6.20 | 0 comentários

É o 3º policial assassinado em uma semana na capital e o quinto agente de segurança morto desde 21 de abril; o celular do sargento recebeu chamadas da esposa após o crime.

 Sargento PM Nilton Cezar Vieira Lopes estava na corporação da Polícia Militar do Ceará desde 2003 — Foto: Arquivo pessoal

O sargento da Polícia Militar Nilton Cezar Vieira Lopes, 43 anos, foi morto a tiros na madrugada deste sábado (13), no Bairro Jangurussu, em Fortaleza. O agente de segurança reagiu a uma tentativa de assalto e, na troca de tiros, foi atingido na perna, quando voltava do trabalho.

Ele correu para um matagal para pedir ajuda por meio de uma ligação telefônica, mas foi perseguido e executado no local. Este é o terceiro PM morto em tentativa de assalto na capital cearense em uma semana. Um vídeo de câmera de segurança mostra o momento em que o PM deixa a moto e tenta fugir.

Segundo a Polícia Militar, o sargento voltava para casa vindo de uma operação policial por volta de 3 horas da manhã, quando foi abordado pelos assaltantes.

Aparelho celular do PM foi encontrado tocando com identificação de "amor" no visor. Segundo familiares, era a esposa da vítima ligando — Foto: Arquivo pessoal

Celular continuou chamando

No matagal onde o PM tentou se abrigar para pedir ajuda, estava um aparelho celular tocando com a identificação de "amor" no visor. Segundo um amigo da família, tratava-se da mulher do sargento, tentando falar com o marido, uma vez que ele ainda não tinha chegado em casa.

A PM lamentou o falecimento do agente e informou que ele ingressou na corporação em 4 de agosto de 2003 e "desempenhou dedicadamente o seu trabalho em prol da segurança do povo cearense". Atualmente, estava lotado no 21º Batalhão Policial Militar.

O 12° Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa(DHPP) está à frente das investigações. Os autores do crime estão sendo procurados.

G1 CE


Arquivado em: ,

0 comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Ipu Online; a responsabilidade é do autor da mensagem.